8 de ago de 2011

Jornalista da TV Gazeta morto por assaltantes é enterrado em São Paulo

O jornalista da TV Gazeta Walter Pimentel (foto), que foi morto por volta das 20h da última sexta-feira (05), aos 43 anos, foi enterrado às 08h deste domingo (07) no Cemitério Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte de São Paulo.

Ao empacotar suas compras em um supermercado na zona norte da capital paulista, o jornalista foi abordado por três criminosos que, ao verem o porte físico da vítima, pensavam que ele fosse um policial à paisana.

Segundo testemunhas, Pimentel teria se assustado e reagido involuntariamente, o que resultou em um tiro dado de um revólver calibre 38 dos criminosos, que fugiram a pé com a carteia da vítima e mais R$ 350 do caixa do supermercado.

Depois de ser resgatado por uma ambulância do SAMU, o funcionário da Fundação Cásper Líbero deu entrada no Hospital do Mandaqui mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A polícia já tem as imagens do circuito interno de TV do estabelecimento e espera, com isso, poder reconhecer os criminosos do caso que foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte) no 73º Distrito Policial, do Jaçanã.

Em nota oficial, a TV Gazeta lamentou a morte de Pimentel, que trabalhava há 19 anos como pesquisador no Gazeta Doc, departamento de documentação e pesquisa da Gazeta Press.

Artigos Relacionados

1 comentários:

banda guerreirosdemarmore disse...

nossa musica de trabalho http://www.youtube.com/watch?v=RVHqlI13Q5Q&feature=related

5 de outubro de 2011 22:18