7 de out de 2011

Ministério da Justiça reclassifica "Mulheres de Areia"

Depois de ter sua abertura levemente alterada e ser considerada "livre para todos os públicos", a novela "Mulheres de Areia" será reclassificada pelo Ministério da Justiça.

Segundo o órgão federal, a reprise, que é exibida na faixa "Vale a Pena Ver de Novo", apela para o assédio sexual, nudez sugestiva e apologia ao fumo e à bebida.

A partir da notificação à TV Globo, a trama passa a ser classificada como "imprópria para menores de 10 anos", não interferindo na grade do canal mas devendo ser readequada com cortes em cenas inadequadas para o horário.

A assessoria de imprensa da TV Globo não comentou a decisão.

Artigos Relacionados

0 comentários: