5 de ago de 2009

Programa de sexo da Globo terá repórteres de 80 e 75 anos

por Daniel Castro

Estreia no próximo dia 28, na Globo, o programa "Amor e Sexo". Apresentado por Fernanda Lima, terá como repórteres um casal que está junto há 50 anos -ele tem 80, e ela, 75. Eles entrevistarão pessoas nas ruas.

De acordo com Ricardo Waddington, diretor-geral, "Amor e Sexo" (ex-"Programa da Noite") pretende "divertir e falar de sexualidade e relacionamento de forma transparente e sincera, sem subterfúgios e sem restrições de temas".

O programa irá ao ar após o "Globo Repórter", em um horário tradicionalmente reservado à teledramaturgia, e será comandado por um diretor de novelas, mas não terá encenações nem "script de respostas".

Nem palavras chulas, promete o diretor. "Vai ser picante? Talvez. Vai ser careta? Talvez. Vai ser irônico? Talvez. Vamos falar de sexualidade como você falaria na sala de jantar, de maneira leve, sem grosserias", diz Waddington, que quer atingir "todo mundo", do "garoto de 15 anos à senhora de 72".

Fernanda Lima (foto / esquerda) será apenas apresentadora e mediadora - não fará o papel de sexóloga. Essa função caberá à psiquiatra Carmita Abdo (foto / direita), da USP.

O programa irá misturar quadros com intervenções do auditório e de participantes. No palco, haverá a banda de Leo Jaime. A gravação do 1º programa será no dia 17. Serão apenas 5 episódios.

O projeto de "Amor e Sexo", de Waddington, foi desenvolvido em piloto, que a cúpula da Globo aprovou recentemente.

Artigos Relacionados

0 comentários: